Segundo dados oficiais da última pesquisa realizada pelo Google, a busca por termos como “meditação” e “mindfulness” bateu o recorde dos últimos dezesseis anos. Em relação ao ano passado, a pergunta “como fazer meditação para ansiedade” cresceu 4.000% e o aumento de “benefícios da meditação” chegou aos 200%. Esse aumento da procura por hábitos e atividades que prometem melhorar o bem-estar das pessoas se deu a partir do início da pandemia da covid-19 e vem crescendo.

Uma mudança de comportamento que vem chamando a atenção de especialistas de todo o mundo e também de profissionais que já atuam no segmento da saúde mental e bem-estar emocional. Para Herica Ponsiana, Instrutora de Mindfulness e Fundadora da OneMind Desenvolvimento Humano, a crescente busca é um reflexo de como as pessoas deixaram de se conectar consigo mesmas – a pandemia é um símbolo que imprimiu a “obrigação” das pessoas cuidarem mais de si mesmas, cuidarem de seus pensamentos, dentro da rotina do isolamento – que infelizmente também causou o aumento da ansiedade e da depressão no mundo inteiro.

Mindfulness para combater a depressão e ansiedade

Herica explica que quando as pessoas se desconectam da própria essência, elas passam a não encontrar mais ferramentas para acolher as próprias emoções – o que pode causar muitos sofrimentos no corpo e na mente ou estados de “vivência no futuro (ansiedade) ou no passado (depressão). “A meditação é um convite para resgatarmos o que somos; o que sempre fomos. Seria muita prepotência alguém querer ensinar mindfulness porque ele simplesmente é nato – nós apenas nos afastamos da prática por conta desse caos que vivemos”.

O curso Despertando a Paz na Mente é uma grande jornada que passa por 4 caminhos: Paz no corpo; Paz no coração; Paz na mente e a Paz com o meio ambiente – essa é a integração do mindfulness, e isso nós não aprendemos nas escolas. Por isso, quando saímos “pelo mundo” afora para enfrentar nossos problemas, a longo prazo vamos perdendo a capacidade de lidar com os conflitos de maneira equilibrada”, reforça.

Experenciando o Mindfulness

Patrícia Paiva, 39, aluna do curso da OneMind, há nove anos faz acompanhamento terapêutico para ansiedade. “Faço meditação há 3 anos e hoje me sinto mais consciente da necessidade de buscar alternativas complementares à meditação. Esse curso foi além das minhas expectativas e me despertou uma sede tremenda de conhecimento, tanto que eu não quero me limitar a esse curso, eu quero ir além. O mindfulness foi a chave que eu encontrei para controlar a minha ansiedade”.

Fernanda Lima, 39, sempre se interessou por cursos de autoconhecimento, mas no início da pandemia ela pensou em fazer um curso que proporcionasse uma conexão interna mais profunda. “Depois de finalizar o curso, incorporei o mindfulness no meu dia a dia e os benefícios que estou sentindo são impressionantes. Através da prática, agora eu consigo perceber o que eu estou fazendo durante o dia (atenção plena) ou se simplesmente estou operando no piloto automático. Quando existe uma situação que está me deixando ansiosa, com a respiração encurtada, eu paro imediatamente, separo três minutos para a prática do mindfulness – e isso já é o suficiente para eu me sentir mais calma, mais concentrada e mais consciente do que estou fazendo. O mindfulness é como se fosse várias lâmpadas que acenderam num túnel meio escuro”, afirma Fernanda.

Herica complementa que essa sensação de que “lâmpadas se acendem no fim do túnel” tem tudo a ver com a resposta cerebral da meditação ativa. “A neurociência já estuda os efeitos do mindfulness no cérebro há mais de 40 anos; e os resultados são satisfatórios: a meditação aumenta a massa cinzenta nas regiões do cérebro envolvidas com a atenção, compaixão e empatia. Com a constância da prática, é possível identificar a redução do hormônio cortisol relacionado com o estresse no qual a atenção plena auxilia em regular as emoções como depressão e ansiedade.

Renomadas universidades, como Harvard, também estudam os efeitos no cérebro, e estes apontam que a prática da atenção plena não é uma moda passageira. Séculos atrás, os budistas compreenderam o poder transformador da atenção plena; e hoje pesquisas científicas confirmaram que os budistas estavam certos. A meditação é capaz de transformar completamente a percepção de mundo e aumento de consciência e uma vida com maior sensação de bem-estar.

Pesquisas no mundo inteiro apontam que o Mindfulness ajuda o indivíduo a diminuir a velocidade das ações com a consciência do momento presente, com a atenção plena na respiração e nas sensações físicas – e isso ajuda a controlar os sintomas da ansiedade, por exemplo”.

Rodolfo Travi, 28, também aluno da OneMind, falou um pouco sobre a sua experiência com o curso: “Uma coisa que ficou muito clara nesse curso é que tudo está dentro da gente! Aquela coisa que eu achava que era impossível alcançar, na verdade é mais simples do que parece. No começo do curso eu não consegui perceber isso, só percebi ao final mesmo – que existe esse lugar de paz e que ele mora dentro da gente – só que é tanta informação no mundo de hoje, que a gente se desconecta da nossa essência e perde o caminho de volta. A meditação é o caminho de volta para si mesmo, é o começo de uma transformação”.

“Em uma pesquisa interna com os nossos alunos, detectamos que a maioria dos alunos saem do curso mais conscientes do poder do agora. E quando a pessoa adquiri essa consciência, ela passa a ter o poder de escolha. Quando há consciência no ser, ele vai saber detectar os gatilhos da sua ansiedade, vai conseguir tomar decisões mais serenas, vai saber o momento de pausa, e vai conseguir escolher como lidar com o que acontece – e isso é muito poderoso. Só o ato de respirar com completa consciência e atenção plena já é um ato muito poderoso”, finaliza Herica.

Curso de mindfulness 8 semanas

Conheça o programa de mindfulness de 8 semanas

Sobre a OneMind

A OneMind é uma escola conceitual com o objetivo de proporcionar a transformação do ser humano através de processos profundos de autoconhecimento. Trabalhamos como facilitadores no desenvolvimento das capacidades mentais, emocionais e comportamentais, no qual desenvolvemos cursos de mindfulness, inteligência emocional, comportamental e inteligência espiritual.

Nossa proposta é conduzir o ser em uma jornada interna de conhecimento que permitirá você a assumir o controle de sua saúde mental, física, energética e de suas emoções para assim obter uma vida com mais realizações, equilíbrio e paz interior. Desenvolvemos programas de saúde mental e emocional para as empresas, pois acreditamos em negócios mais sustentáveis e humanos, no qual cada individuo deve ser considerado um organismo vivo capaz de potencializar resultados a partir do momento que se sente integrado ao todo.

O que achou do post?

Compartilhe essa postagem:
[addthis tool=”addthis_inline_share_toolbox”]
Andrea Garbim

Andrea Garbim

Jornalista e incentivadora da meditação. Apaixonada pelo mundo das energias, do autoconhecimento, da busca pelo ser, da busca pelo aprimoramento individual e espiritual.

Comente esse artigo